Datafolha: Anastasia segue na liderança ao governo de Minas
Em um cenário possível de 2º turno, Anastasia venceria por 43% (Moreira Mariz/Agência Senado)
(Last Updated On: 20/09/2018 15:35)

Datafolha: Anastasia tem a preferência de 33% do eleitorado. Em seguida está Pimentel, com 23%

Pimentel continua sendo o candidato mais rejeitado, com 38%

O candidato do PSDB ao governo de Minas GeraisAntonio Anastasia, continua liderando as intenções de voto em Minas Gerais. A terceira pesquisa Datafolha para governador do estado mostra que o tucano tem a preferência de 33% do eleitorado. Os índices ficaram estáveis em comparação à pesquisa anterior, do último dia 06, quando Anastasia tinha 32%.

Permanece em segundo lugar o candidato do PT, Fernando Pimentel, com 23% das intenções de voto. Os índices também continuam estáveis. Na pesquisa anterior Pimentel tinha 22%.

Na sequencia aparecem os candidatos Romeu Zema (NOVO) com 7% (tinha 5%), João Batista Mares Guia (REDE) com 3% (tinha 2%), Adalclever Lopes (MDB) com 3% (tinha 2%) e Dirlene Marques (PSOL) com 2% (tinha 1%).

Foram citados, mas não alcançaram 1% de menções, Claudiney Dulim (AVANTE) e Jordano Metalúrgico (PSTU). O candidatos Alexandre Flach (PCO) não participou do levantamento, pois no dia do registro da pesquisa sua candidatura aparecia como indeferida no site do TSE.

Com relação ao índice de eleitores mineiros sem candidato houve recuo de 35% para 29%. Desses, 20% pretendem votar em branco ou nulo (era 25%) e 9% estão indecisos (era 10%).

De acordo com a pesquisa Datafolha, Anastasia alcança índice de intenção de voto mais alto entre os mais ricos (52%), e Pimentel tem melhor desempenho entre os mais jovens (30%). Os dois candidatos têm desempenho semelhante tanto na capital quanto no interior.

O Datafolha apresentou, pela primeira vez, um cenário possível de 2º turno entre Anastasia e Pimentel. No cenário, o tucano venceria o petista por 43% a 33%, brancos ou nulos somam 19% e 4% não opinaram.

O levantamento foi feito nos dias 18 e 19 de setembro de 2018. Foram realizadas 1.302 entrevistas presenciais com eleitores, em 61 municípios mineiros. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, para o total da amostra.

Rejeição

Pimentel continua sendo o candidato mais rejeitado, com 38% (era 41% – entre os mais instruídos o índice sobe para 57%). Em segundo está Anastasia, com 26% (era 24%), seguido por Zema 23% (tinha 16%), Mares Guia 20% (tinha 14%), Dulim 19% (tinha 11%), Marques 19% (tinha 12%), Metalúrgico 18% (tinha 12%) e Lopes, 17% (tinha 11%).

Rejeitam todos os candidatos, 8% (era 9%), não rejeitam nenhum, 4% (era 4%), e não opinaram 11% (era 10%) .

Questão espontânea

Anastasia também segue na liderança, com 15% (tinha 14%), na questão espontânea de intenção de voto, quando não é apresentado cartão com os nomes dos candidatos. Pimentel aparece em segundo, com 7% (tinha 6%), seguido por Zema com 3% (tinha 2%).

Votos brancos ou nulos somaram 15% (era 16%) e não citaram espontaneamente nenhum candidato 53% (era 56%).

Votos nulos e brancos

Quanto à decisão do voto para governador, 50% dos eleitores mineiros que já têm candidato ou que votariam em branco ou nulo ainda podem mudar seu voto até o dia da eleição. Outros 50% declararam estar totalmente decididos em quem irão votar no dia 07 de outubro, índice que sobe para 65% entre os que pretendem votar em branco ou anular.

O índice de decisão do voto é mais alto entre os eleitores de Anastasia (53%) do que entre os eleitores de Pimentel (40%).

Pimentel e Anastasia dividem a preferência como 2ª opção na situação do eleitor mudar de candidato, com respectivamente, 22% e 21% de menções. Declararam que nessa situação anulariam 15% e não sabem em quem votar 17%.

Entre os eleitores de Anastasia, Pimentel é o favorito como 2ª opção, com 43%. Entre os eleitores de Pimentel, Anastasia é o favorito, com 41%.

De maneira geral, as taxas de desconhecimento, quando os eleitores já têm algum candidato mas não sabem informar o número, são próximas entre os eleitores de Anastasia e de Pimentel.

Entre os eleitores do tucano, 71% não sabem o número do candidato (26% informaram corretamente o número e 3% informaram equivocadamente o número). Entre os eleitores do petista, 70% não sabem o número do candidato (27% informaram corretamente o número e 2% informaram equivocadamente o número).

Com Datafolha

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here