Três suspeitos de tráfico presos em apreensão de drogas na região de Venda Nova, em Belo Horizonte (Foto: Reprodução/TV Globo)
(Last Updated On: 07/06/2018 17:44)

Após dois meses de investigação, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu David Rafael de Oliveira, conhecido como “Baias”, 31 anos, José Afonso Xavier, o “Baixinho”, 53 anos, e Felipe Pereira Tomaino Ferreira, 25 anos.

Eles são suspeitos da prática do crime de tráfico de drogas em Belo Horizonte e Região Metropolitana. Também foram apreendidas meia tonelada de droga, em sua maioria maconha, e uma pequena parte de crack, além de duas balanças de precisão e três veículos adquiridos com os lucros do tráfico, utilizados para a distribuição dos entorpecentes.

As investigações tiveram início, após a equipe de policias perceber o farto armamento bélico que as quadrilhas estão usando para cometer crimes no Estado.

Durante as apurações, após uma denuncia anônima, dando conta de que uma residência, localizada no Bairro Santa Mônica, na capital, estaria sendo utilizada como central de distribuição de grande quantidade de drogas, os policiais realizaram as prisões e fizera a apreensão da droga.

O Delegado João Prata, responsável pelas investigações, explicou como a quadrilha funcionava. “Chegamos a essa casa e descobrimos que além de droga, a quadrilha também comercializa forte armamento bélico. O “Baias” é quem comercializava a droga nos bairros Palmeiras e Santa Cruz. A casa é do José Afonso e o Felipe foi preso saindo da casa com 600 gramas de maconha, o que demonstra que ele também revendia”, destacou. “A droga vinha do Paraguai e da Bolívia”, completou.

“Baias” é acusado de ser um dos envolvidos na morte do advogado criminalista, Jaime Eulálio de Oliveira, no ano de 2013, que teve seu veículo atingido por inúmeros disparos de fuzil em frente à sua residência no Bairro Castelo.

As investigações continuam e a Polícia Civil ainda está à captura de Luís Henrique Nascimento, conhecido como Totó, ele está foragido e é tido como de alta periculosidade. Ele é responsável por dezenas e dezenas de homicídios”, contou o delegado

 

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here